Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sardinha Pequenina

A Sardinha Pequenina tem como propósito contar histórias de gente real, aliando o poder da palavra escrita à qualidade e originalidade dos produtos. As pessoas reais inspiram-nos!

Catequista

18.10.21

Numa roda feita aqui ou acolá.

Sentados em bancos de madeira ou de pernas cruzadas no chão.

Eles ouvem-te contar a mesma história de mil formas diferentes.

Uma história antiga e tantas vezes narrada.

Em que a personagem principal surpreende.

Tu transportas quem te ouve para tempos idos.

E adoças o coração dos que te rodeiam.

És capaz de transformar. Moldar. Mudar corações.

Plantar sementes em terrenos férteis ou áridos.

Regá-las com as tuas histórias, atos e exemplos.

E das sementes crescem sempre flores.

É a tua fé que as nutre. E as faz florescer.

 

 

Produtos relacionados: bolsa de pano, caneca, magnético e saco de pano

Os braços do pai

15.10.21

Três, dois, um ... 

Até ao céu! 

Nos braços do pai ela salta.

Outra vez, outra vez!

Mais uma vez até ao céu.

Ri e gargalha enquanto pula novamente.

 

Doçura esta de se julgar capaz de tocar o céu porque voa nos braços do pai.

Tem a certeza que pode chegar às estrelas.

Os braços do pai servem de trampolim. 

Mas também de guarida, repleta de abraços e beijos.

 

 

Produtos relacionados: bolsa de pano, caneca, magnético e saco de pano

Água pela barba

14.10.21

Na barriga da mamã, eu ouvia-te.

Sabia que estavas feliz. Mas também preocupado.

Sentia-te ansioso. Curioso para me conheceres.

Quando nasci, no teu regaço encontrei finalmente a minha casa.

 

Perdoa-me agora se, ao crescer, te der “água pela barba”.

Preocupação. Desassossego. Inquietação.

 

A tua voz forte será sempre sinal de orientação.

Luz forte no escuro.

Porto de abrigo em época de tempestade.

 

 

Produtos relacionados: bolsa de pano, caneca, magnético e saco de pano